NOTÍCIAS

Inovar é muito mais do que ter uma boa ideia, diz executivo do Albert Einstein

Startups vieram para causar disrupção em diversos modelos de negócios. As áreas exploradas são as mais diversas e, como sempre, é preciso inovar para se destacar.

Nesse sentido, balancear novas tecnologias e qualidade pode ser a chave para se dar bem no negócio, de acordo com o diretor de Inovação e Gestão do Conhecimento do Hospital Albert Einstein, Cláudio Terra. “O futuro da inovação, como sempre, é descobrir necessidades não atendidas tanto das pessoas, como das empresas, e gerar propostas de valor originais que possam ser adotadas em larga escala”, comenta o executivo em entrevista ao Investe SP.

Ainda segundo o executivo, startups enfrentam uma tensão saudável entre testar e desenvolver o novo e o foco no resultado final. Para ser inovadora, portanto, não basta ter uma ideia, projeto ou capacidade de gestão. “Isto significa ser capaz de atrair e reter talentos, estabelecer modelos de gestão, de marketing, abrir canais de venda, gerenciar fluxos de caixa etc. Enfim, inovar é muito mais do que ter uma boa ideia ou desenvolver uma tecnologia ou produto”, pontua.

Assim como o Hospital, muitas empresas investem em startups para inovar seus negócios. “Temos observado uma evolução muito rápida nas conexões entre o ecossistema de apoio à inovação, as empresas e os grandes polos de startups”, afirma Terra, acreditando que um dos grandes desafios de startups seja escalar seu negócio. “Para isso, muitas vezes, é necessário adicionar fontes de capital e ativos que apenas grandes empresas públicas ou privadas detêm”, diz.

ACELERAÇÃO CORPORATIVA

A Senior – especializada na oferta de software para gestão empresarial – está com inscrições abertas para o Inove Senior, programa de aceleração de startups da companhia que acontece pelo segundo ano consecutivo e que prevê investimento de até R$ 500 mil para as ideias finalistas.

As startups interessadas em participar do programa podem inscrever-se até 30/9, pelo sitehttp://www.inovesenior.com.br/. A edição deste ano do Inove Senior está aberta para empresas de software e de hardware, assim como negócios que explorem novas demandas tecnológicas das organizações como IoT (Internet das coisas), Big Data, Inteligência Artificial, entre outros. Além disso, a iniciativa traz uma novidade em relação ao ano anterior: uma etapa de pré-aceleração.

Para participar, as startups precisam preencher os seguintes requisitos: apresentar um MVP (Produto Mínimo Viável) validado; ter mais de um empreendedor dedicado à operação; disponibilidade para estar presente emFlorianópolis durante as sessões de mentoria; e atuação no mercado corporativo, seja no modelo B2B (de negócios entre empresas) ou B2B2C (negócios entre empresas com foco no consumidor final). Outro ponto importante é que a startup não precisa, necessariamente, ser pessoa jurídica ou ter faturamento mínimo.   

A aceleração acontecerá durante o ano de 2017 e, ao final, até duas finalistas receberão o investimento de R$ 250 mil cada, além de tornarem-se uma Unidade de Negócios da Senior.

« VoltarCategoria:
Tags: inovação, programa, startup